quinta-feira, 23 de junho de 2011

A força do amor

                                                                        
    Eram noivos e se preparavam para o casamento, quando o pai da noiva descobriu que o rapaz era dado ao jogo.
   Decidiu se opor à realização do matrimônio, a pretexto de que o homem que se dá ao vício do jogo, jamais seria um bom marido.
Contudo, a jovem obstinada decidiu se casar, assim mesmo. E conseguiu, fazendo valer a sua vontade, vencendo a resistência do pai.

   Nos primeiros dias de vida conjugal, o rapaz se portou como um marido ideal. Entretanto, com o passar dos dias, sentia crescer em si cada vez mais o desejo de voltar à mesa de jogo.

Certa noite, incapaz de resistir, retornou ao convívio de seus antigos companheiros.

Em casa, a jovem tomou um bordado e ficou aguardando. Embora ocupada com o trabalho manual, tinha os olhos presos ao relógio. As horas pareciam passar cada vez mais lentas.

Já era alta madrugada, quando o marido chegou. Nem disfarçou a sua irritação, por surpreender a companheira ainda acordada. Logo imaginou que ela o esperava para censurar a sua conduta.

Quando ele a interrogou sobre o que fazia àquela hora ela, com ternura e bondade na voz, disse que estava tão envolvida com seu bordado, que nem se dera conta da hora avançada.

Sem dar maior importância à ocorrência, ela se foi deitar.

No dia seguinte, quando ele retornou ainda mais tarde da casa de jogos, a encontrou outra vez a esperá-lo.

"Outra vez acordada?", perguntou ele quase colérico.

"Não quis que fosse se deitar, sem que antes fizesse um lanche. Preparei torradas, chá quentinho. Espero que você goste."

E, sem perguntar ao marido onde estivera e o que fizera até aquela hora, a esposa o beijou carinhosamente e se recolheu ao leito.

Na terceira noite, ela o esperou com um bolo delicioso, cuja receita lhe fora ensinada pela vizinha.

Antes mesmo que o marido dissesse qualquer coisa, ela se prendeu ao pescoço dele, abraçou-o e pediu que provasse da nova delícia.

E assim, todas as madrugadas, a ocorrência se repetiu. O marido começou a se preocupar.

Na mesa de jogo, tinha o pensamento menos preso às cartas do que à esposa, que o esperava, pacientemente, como um anjo da paz.

Começou a experimentar uma sensação de vergonha, ao mesmo tempo de indiferença e quase repulsa por tudo quanto o rodeava.

O que ele tinha em casa era uma mulher que o esperava, toda madrugada, para o abraçar, dar carinho. E ele, ali, naquele lugar?

Aos poucos, foi se tornando mais forte aquele incômodo. Finalmente, um dia, de olhar vago e distante, como se tivesse diante de si outro cenário, o rapaz se levantou de repente da mesa de jogo.

Como se cedesse a um impulso quase automático, retirou-se, para nunca mais voltar.

Nos dias de hoje, é bem comum os casais optarem por se separar, até por motivos quase ingênuos.

Poucas são os que decidem lutar para harmonizar as diferenças, superar os problemas, em nome do amor, a fim de que a relação matrimonial se solidifique.

Contudo, quando o amor se expressa, todo o panorama se modifica. É difícil a alma que resista às expressões do amor.

Porque o amor traz a mensagem da plenificação, do bem estar, da alegria.

Desta forma, é sempre salutar investir no amor, expressando-o através de gestos, pequenas atenções, gentilezas.

O amor é o sentimento por excelência e tem a capacidade de transformar situações e pessoas.

Pense nisso. Experimente-o agora.


           “A mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola derruba com as suas próprias mãos.”Provérbios 14:1



Deus nos abençoe!

2 comentários:

MULHERES QUE ORAM disse...

rose seja bem vinda no nosso blog beijinhos mulheres que oram

Rose disse...

Obrigada! Seja bem vinda tb,que possamos aprender mais e mais compartilhando,bjs!

Postar um comentário

Muito obrigada! Sua presença e comentário me deixa muito feliz.Que Deus derrame toda sorte de bençãos e conceda os desejos do seu coração.
Lembre-se;Nosso Deus é fiel.
Beijos com carinho,Rose.

Labels

2011 x 2012 2012 21 dias Admiração adversidades aflições agradecer alegria aliança alicerce alma Alto alvo amanhã AMC Amigos amizades amor amor desinteressado Angola ânimo Ansiedade aparência aprendizado atitudes autoconfiança benção bom bons olhos busca buscar centro comparações Compartilhar? Porque? compassivo comportamento comunhão Conduzir confianca confiança confiar coração coragem crer crescimento criança criticas Daniel Decisão depois Desânimo determinação Deus Deus e eu Deus é fiel diferença diferença. diferenças Dificuldade disperdicio distante doçura dúvida educação egoísmo Eis-me aqui Senhor elogios encontro Encontro com Deus Engano Entrega escolha esforço esperança Espiríto Santo estourar eu familia Fé e comunhão Fe sem resultados fimesa Força fracasso Glória a Deus gratidão hoje ide e pregai importância incansável influência Insatisfação insistir Intercessor Interior Intimidade intrepidez irmãos Jejum Julgamento lição livre arbitrio livre arbítrio Louvores;início de conversão lutas lute maldição Meditação melhor Melhor forma de proceder Meu batismo nas águas Meu selinho Milagre Minha experiência com Deus na vida sentimental Minha primeira experiência com o Espírito Santo Minha viagem a Israel Minissérie José do Egito Minissérie Rei Davi mudança mudar Mulher não temas O poder da fé olhar oração orgulho Paciente Palavras paz pecado permanecer Perseverar perto pessoas Pessoas bem sucedidas piedade planos Plantar o bem poder prioridade prosseguir Quando Deus escolhe alguém Raiz do mal reclamação reclamar Reflexão regar Regras regras básicas relacionamento Renovação renuncia renúncia resistir responsável resposta rever revestir revolta ruim sabedoria Saber viver sacrificio salvação satisfação Senhor servir stress suportar temor Tempo Timidez Tolerância valor valor a vida valorizar vazio vencedor vencer Vida Vida a dois Video vigiar vigilância Virtudes Vitima vitória viver Você volta por cima Vontade Zelo